domingo, 17 de abril de 2011

Descontraindo...

22 comentários:

Sandrio cândido. disse...

Nenhuma rima faz se ouvir a toa.
abraços

✿ chica disse...

Na hora certa a poesia, em rimas ou não sai...Lindo! beijos,chica

Amapola disse...

Boa noite, querida amiga Livinha.

Seu blog é lindo demais.
Adorei as avelãs e o saco de violas.

Um grande abraço.
Maria Auxiliadora (Amapola)
Estou lhe seguindo.

(Muito obrigada pela honra da sua visita, e pelo belíssimo comentário gentil)

Wilson Torres Nanini disse...

Que ludismo maravilhos! Quando li "violas", os poentes já começaram a desabrochar dos sapos.

Gostei muito mesmo dessa sua suavidade festiva!

Abraços!

ONG ALERTA disse...

Importante é usar as palavras que vem do coraçáo, beijo Lisette.

Adilson - Rio de Janeiro - Brazil disse...

Sempre lindo seu blog .... pbens pelo seus escritos ....abçs

wcastanheira disse...

Mto obgado pelo carinho da sua visita, é mto bom sber q vc está lendo e meditando nesta semana tão especial, tão introspécta, pra vc bjos e bjosssssssssss

Cristiane Moreira disse...

Que graça esse blog, tudo colorido e bonito... fiquei me sentido uma criança aqui.

Beijos Livinha e boa páscoa.

:)

JB disse...

Perspectivas do olhar... :)

Tal como nas poesias e na prosa, é uma questão de ver e sentir, a essência reside no interior de cada um!

Lindo!

beijinho

Miguel disse...

Bom dia, amiga.
Pensamento para mais um dia.

Está no ar uma nova manhã,
Um novo dia.

Deus te abençoa com Suas dádivas sem medida, com o bem mais duradouro,
pois considera sua vida o mais precioso tesouro.

Para você,
Desejo todas as cores desta vida.
Todas as alegrias que puder sorrir.
Todas as músicas que puder te emocionar.

Abraços
Miguel- blog Yehi Or

Tatiana disse...

Que imagem mais linda!
O encontro das palavras foi perfeito!

Desejo para ti uma ótima semana!
Um abraço carinhoso

Mariazita disse...

Querida Livinha
Vim conhecer este seu blog, que é uma beleza!
Logo à entrada deparo-me com um mocho, ave de que gosto imenso. Tenho uma coleção de 200 e tal, de todos os feitios e tamanhos, e de diversos locais do mundo.
Vou fazer-me seguidora também deste blog, e virei visitá-lo sempre que possível.

Boa semana. Beijinhos

JR disse...

Livinha,minha linda, a gente fica um tempo fora e quando retorna da de cara com voce numa ala nova...
Amiga ,amei tua nova sala e já fiquei freguesa.
Muita paz no teu coração ....beijos

Fabrício Santiago disse...

Olá, desculpe invadir seu espaço assim sem avisar. Meu nome é Fabrício e cheguei até vc através do Blog Machado de Carlos. Bom, tanta ousadia minha é para convidar vc pra seguir meu blog Narroterapia. Sabe como é, né? Quem escreve precisa de outro alguém do outro lado. Além disso, sinceramente gostei do seu comentário e do comentário de outras pessoas. Estou me aprimorando, e com os comentários sinceros posso me nortear melhor. Divulgar não é tb nenhuma heresia, haja vista que no meio literário isso faz diferença na distribuição de um livro. Muitos autores divulgam seu trabalho até na televisão. Escrever é possível, divulgar é preciso! (rs) Dei uma linda no seu texto, vou continuar passando por aqui...rs

Narroterapia:

Uma terapia pra quem gosta de escrever. Assim é a narroterapia. São narrativas de fatos e sentimentos. Palavras sem nome, tímidas, nunca saíram de dentro, sempre morreram na garganta. Palavras com almas de puta que pelo menos enrubescem como as prostitutas de Doistoéviski, certamente um alívio para o pensamento, o mais arisco dos animais.

Espero que vc aceite meu convite e siga meu blog, será um prazer ver seu rosto ali.

Abraços

http://narroterapia.blogspot.com/

Smareis disse...

A vida é como ler, decifrar e viver um verdadeiro poema,Sentimento fortes e plenos que vamos colhendo nos jardins da vida. Adorei a imagem, e o texto está excelente. Eu vou seguir teu blog. Um abraço e ótimo começo de semana.

Marlene disse...

querida LIVINHA poesia e trova são cantigas da alma jamais serão ditas em vão,sempre terão quem as aprecie
as escute e as repita,com carinho e alegria,admiração.
Obrigada amiga por sua presença no blog fico sempre muito feliz quando mais uma amiga chega!!!seja bem vinda sempre,um abraço marlene

Sandra Botelho disse...

Que delicia de blog querida...Esses sapos quem não os engole não é?
Infelizmente ando até com dor de estomago.
beijos achocolatados

✿ chica disse...

Voltei aqui e deixo um beijo, desejando uma linda semana e tuuuuuuuudo de bom!chica

O Impenetrável disse...

lindo texto, parabéns pelo blog. ótima forma de descontrarir, adorei sua postagem.

grande abraço e ótima semana.

Diego Marques disse...

Blog muito bom!!! To te seguindo adorei seu momento de descontração!

Evanir disse...

Hoje mais uma vez com uma colinha
até ficar bem e poder digitar
a vontade sem sentir dor
nos meus dedinhos.
ESTOU COM TENDINITE E
FAZENDO FISIOTERAPIA
TODOS OS DIAS.
Nem por isso deixarei de
me fazer presente a cada amizade
para mim tão sagrada.
Deus abençoe sua semana ..
beijos no coração..Evanir..
Te Amo..Te Amo...

Ebrael Shaddai disse...

Quão enigmáticas são as manifestações de nossa alma em versos, não?

Parabéns pelo post! Bjs!